DEV Community

Cover image for React Hooks: Ref e State
Stanley Gomes
Stanley Gomes

Posted on

React Hooks: Ref e State

Pessoal, nesse post vou abordar mais um pouco sobre os React Hooks. Nós vamos observar os casos de uso dos hooks useRef, createRef, useState e useReducer.

Os hooks nos permitem utilizar estado e outros recursos do react como memoization, ciclo de vida do componente etc sem a necessidade de criar o componente como uma classe.

Nesse post abaixo, eu mostrei um pouco sobre a parte de memoization com o useMemo.

Ref

Vamos começar com o ref. Podemos utilizar o hook useRef para acessar os elementos DOM do HTML.

No exemplo abaixo, vamos o usar o hook para que quando o botão for clicado, o campo de input seja focado para digitação.

import React, { useRef } from "react";

export default App = () => {
  const ref = useRef(null);

  const onClick = () => {
    ref.current.focus();
  };

  return (
    <div className="App">
      <h1>Utilizando useRef</h1>
      <input ref={ref} type="text" />
      <button onClick={onClick}>Focar no campo</button>
    </div>
  );
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

O useRef foi criado com objetivo de ser uma proposta de hook como alternativa ao createRef. O createRef é uma API do React que desempenha o mesmo papel.

Nesse exemplo abaixo, eu utilizei o mesmo código do exemplo anterior, porém desta vez criando a referencia com o createRef. O resultado será o mesmo.

import React, { createRef } from "react";

export default App = () => {
  const ref = createRef(null);

  const onClick = () => {
    ref.current.focus();
  };

  return (
    <div className="App">
      <h1>Utilizando useRef</h1>
      <input ref={ref} type="text" />
      <button onClick={onClick}>Focar no campo</button>
    </div>
  );
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Uma diferença entre essas duas funcionalidades é que o useRef
cria a referência apenas uma vez, logo quando o componente é renderizado. Já o createRef cria uma nova referência para o elemento toda vez que ocorre o re-render do componente, sendo assim menos performático.

State

O próximo hook que vamos ver é uma solução para gerenciamento de estado do componente, o useState.

Nesse exemplo abaixo, é possível armazenar no estado do componente, o número de vezes que o botão foi clicado.

import React, { useState } from 'react'

export default App = () => {
  const [count, setCount] = useState(0)

  return (
    <div>
       Você clicou {count} vezes!
      <button onClick={() => setCount(count + 1)}>
        Mais um!
      </button>
    </div>
  )
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

O useState(0) é uma função e seu parâmetro é o valor inicial do estado que você quer gerenciar, nesse caso a contagem. Já essa primeira parte [count, setCount] com o array de variáveis utiliza uma funcionalidade do Js, o Destructuring assignment , que é retornada pelo useState.

O primeiro elemento count é uma variável com o valor atual do estado e o segundo elemento setCount é a função que altera o valor do estado.

Reducer

O useReducer é mais um hook criado para componentes de classe. Este com o propósito também de gerenciamento de estado de componente, mas com uma abordagem para casos em que o gerenciamento dos dados é mais complexo.

Nesse exemplo abaixo (retirado da documentação do react), vou utilizar uma função de contador com as opções de incrementar e decrementar o valor.

const initialState = { count: 0 };

const reducer(state, action) {
  switch (action.type) {
    case 'increment':
      return {count: state.count + 1};
    case 'decrement':
      return {count: state.count - 1};
    default:
      throw new Error('Operador não implementado');
  }
}

function Counter() {
  const [state, dispatch] = useReducer(reducer, initialState);
  return (
    <>
      Contador: {state.count}
      <button onClick={() => dispatch({type: 'decrement'})}>-</button>
      <button onClick={() => dispatch({type: 'increment'})}>+</button>
    </>
  );
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Em casos que o estado é mais simples, é recomendada a utilização do useState, por ser mais simples de implementar e gerenciar.


Este post não seria possível sem o trabalho de pesquisa e discussão do time do capítulo de frontend do LuizaLabs.

Obrigado pela leitura! Espero que possa ter ajudado. 🚀

Até mais.

Discussion (0)