DEV Community

Jhony Walker
Jhony Walker

Posted on

Node.js - Otimize e escale com ele

Image description

Para qualquer site de sucesso, o desempenho desse site é um papel crucial. Se você quer dar ao seu usuário a melhor experiência e quer crescer seu negócio mais rápido, você só precisa garantir o desempenho do seu site. Bom desempenho do site, faça o usuário feliz.

O NodeJS oferece várias vantagens e recursos para o desenvolvimento de software, como buffering negativo, tempo de desenvolvimento rápido, oferecendo uma licença do MIT para aplicativos, etc.

Muitas grandes organizações já aproveitam o Node.js em seu desenvolvimento de aplicativos. Essas organizações são Uber, Yahoo, eBay, PayPal e muito mais. É comprovado que o Node.js é uma das tecnologias preferidas para construir um aplicativo web para líderes do setor(calma não esquecemos que tem o Python que é uma linguagem sensacional) . Mas é igualmente importante para sintonizar a performance de Node.js. Então, siga essas dicas e mantenha (ou melhore) seu desempenho

Principais dicas para otimização de desempenho do Node.js

1 - Monitore entenda o perfil da sua aplicação

Monitorar sua aplicação é o processo que garante que sistemas e redes de software mantenham os níveis de desempenho necessários para dar suporte aos resultados de negócios, prevendo e/ou ajudando a tratar problemas de maneira mais fácil e rápida

Uma vez ciente do desempenho do seu aplicativo, você pode facilmente otimizar seu aplicativo web para obter o máximo de desempenho. Há alguns pontos-chave que os proprietários de produtos podem considerar para tornar suas aplicações web altamente escaláveis.

  • Teste de carga: É um processo de avaliação da carga do aplicativo que mede as respostas e o uso do aplicativo. Além disso, você também pode medir quanta carga o sistema pode tomar antes de falhar (erro).
  • Teste de escalabilidade: O teste de escalabilidade é um dos testes importantes que é útil para cada categoria de negócios escalar seus negócios. Com a ajuda deste teste, você pode identificar e resolver os erros e bugs que impedem a escalabilidade do seu aplicativo web.
  • Teste de resistência: Este teste irá ajudá-lo a resolver os problemas relacionados à carga que as aplicações web podem tomar. Ele também classifica os problemas de vazamento de memória.

2 - Diminuir a latência via cache

Caching é uma das formas mais comuns de melhorar o desempenho do Node.js. O cache pode ser feito tanto para aplicativos web do lado do cliente quanto do lado servidor. Visto que a capacidade de armazenamento do cache é sempre limitada (ao tamanho do disco e/ou da memória) e que as informações podem estar sendo atualizadas a todo o momento, uma grande questão que deve-se considerar é quando e como atualizar as informações contidas no cache. Para isso lembre-se dos tipos de Cache:

Client Caching: Fica no “client side”, seja no sistema operacional, no navegador (exemplo: cache dos navegadores) ou em ambos;

Server Caching: O provedor da aplicação fica responsável por “cachear” a informação. Podem ser de 2 tipos:

Default caching: Utiliza o disco — que é um recurso mais barato e menos limitado. Exemplos: proxies reversos, Varnish;

In-memory caching: Utiliza a memória — tem menos latência. Exemplos: Memcached, Redis, etc.

Distributed Caching: A informação fica em uma outra camada externa da aplicação. Exemplo: Akamai.

3 - Use HTTP/2

o HTTP/2 usa multiplexação, um nome complicado para dizer que o navegador abre uma única conexão para baixar múltiplos arquivos. As requisições e respostas são paralelas e assíncronas: seu navegador pede vários arquivos ao mesmo tempo e recebe-os assim que eles estiverem prontos, na mesma conexão. Ele também é chamado de server push, onde o servidor poderá mandar elementos antes do navegador pedi-los

4 - Escala em várias máquinas com loadbalancer

Permite que você crie e gerencie um grupo de VMs com carga balanceada. O número de instâncias de VM pode aumentar ou diminuir automaticamente em resposta à demanda ou a uma programação definida. Os conjuntos de dimensionamento fornecem alta disponibilidade para seus aplicativos e permitem que você gerencie, configure e atualize centralmente um grande número de VMs. Para fornecer redundância e desempenho aprimorado, os aplicativos são normalmente distribuídos em várias instâncias e os clientes podem acessar seu aplicativo por meio de um balanceador de carga, que distribui as solicitações para uma das instâncias do aplicativo.

5 - Autenticação apátrida

A autenticação apátrida cuida de muitas das desvantagens do estado. Neste procedimento de autenticação stateless, um token web é criado sempre que o usuário faz login no site. Ele contém todas as informações necessárias do usuário, que são enviadas de volta ao respectivo usuário para autenticar todas as solicitações de API.

6 - Otimize o Frontend

Por último mas não menos importante, quando falamos de trabalho em conjunto precisamos também que o frontend de sua aplicação esteja bem otimizado para atingir um melhor desempenho.

Claro que essas dicas não são bala de prata pessoal, é necessário antes de tudo entender sua aplicação, as suas necessidades e claro segurança da sua aplicação, com isso vamos mas esse post e nos vemos na próxima.

Discussion (1)

Collapse
urielsouza29 profile image
Uriel dos Santos Souza

Olá ótimo conteúdo!
Tem um tag especial para conteúdo em português do Brasil

braziliandevs

dev.to/t/braziliandevs

abraços