DEV Community

loading...
Cover image for 3 dicas pra quem está aprendendo a codar "sozinha"
A Caverna do Patocórnio

3 dicas pra quem está aprendendo a codar "sozinha"

Pachi 🪐 (she/her/ela)
🙋🏽‍♀️ I am your friendly developer relations person🦕 #DevRel @newrelic; Moça de DevRel e co-fundadora da @feminis_tech 💌 Streamer, writer, EN && pt-BR🌟
・3 min read

nota: Escrevi esse post há 2 anos atrás, mas o conteúdo ainda é relevante

Primeiro, você precisa saber que não sou uma pessoa programadora experiente para lhe dar conselhos avançados.
Mas ninguém melhor que uma novata para entender o outro certo?
Estou orgulhosa de tudo que aprendi até agora, e a cada dia estou mais perto do meu objetivo: Ser uma dev foda!

Então, aqui estão as 3 coisas que têm tornado minha jornada um pouco mais fácil:

1. Encontre uma pessoa para ser sua mentora

Meu irmão mais velho é Desenvolvedor Sênior. Depois que ele decidiu me ajudar a aprender a programar, ele tem se dedicado completamente . Ele me diz o que eu deveria estar aprendendo, me dá exercícios para praticar, e como um Mentor e irmão mais velho ele é ótimo em me repreender lol O que é irritante MAS extremamente útil quando procrastino um pouco.
Portanto, meu primeiro conselho é encontrar uma pessoa mentora. Alguém que conhece a #programmerLife e está animado para compartilhar o que sabe. Pode ser ainda mais útil se essa pessoa for amigável, mas o intimida um pouco.
Meu desejo de deixar meu irmão mais velho orgulhoso de mim me ajuda muito!

2- Encontre os cursos certos

Existem MUITOS cursos por aí, em todos os tópicos. Eu pessoalmente recomendo encontrar um curso em vídeo, mas CodeAcademy e FreeCodeCamp (ambos em inglês) também são recursos incríveis e podem ser usados ​​COM os cursos em vídeo.
Agora, na hora de escolher seus cursos, não vá comprar nada só por causa das avaliações ou recomendações. Veja se consegue assistir algum material dessa professora antes. Mencionei em meu último post que meu primeiro curso de JavaScript foi terrível para mim. Embora o conteúdo fosse ótimo A metodologia do professor simplesmente não alcançou meu cérebro e quase desisti de aprender JS! Mas depois encontrei outro, de graça, no Youtube, que me apaixonou por JavaScript e programação.
Isso me deixa realmente animada para assistir às aulas e ansiosa para fazer os exercícios. Esse é meu curso favorito de JavaScript pra iniciantes

3- Aproveite para aprender, mas não se esgote

Depois que comecei a aprender, meu irmão realmente me dizia para não estudar mais de uma hora por dia, o que era muito difícil para a Pachi curiosa e ansiosa, mas na maioria dos dias eu fazia isso. Hoje estudo 1 ou 2 horas por dia, alguns dias um pouco mais do que o trabalho permite, mas sempre faço uma pausa quando meu cérebro fica confuso.
Por outro lado, tenho meu tempo de estudo consistente. Trabalho melhor de manhã, então acordo às 6 da manhã, dou uma caminhada, me arrumo para o dia e depois codifico e estudo até a hora de sair para o trabalho.
Descubra o que funciona para você, mas comece devagar, respeite seu tempo. Mas tente ter um horário fixo e dedicado ao estudo.

Começar a codar pode ser intimidante mas também divertido!
Criar algo do zero com apenas um código claro é uma das melhores sensações, especialmente no início.
Se você escolher a rota de autoaprendizagem, TMJ!
Você pode fazer isso, amigue!

Eu adoraria saber o que te ajuda, então por favor comente, especialmente se você for um novato como eu.

Me siga no Twitter pra gente trocar um papo dev!

Photo porheylagostechieon Unsplash

Discussion (3)

Collapse
laurianoelmiroduarte profile image
Lauriano Elmiro Duarte

Gostei muito do texto, exceto da mentoria, por que vejamos, quase 99% das pessoas não tem a mínima chance de ter um "mentor", e elas precisam começar. Então eu indicaria adicionar a sua lista ter contato com a comunidade, pois, aí a pessoa fica mais entrosada.

Essa questão do curso certo realmente é o pulo do gato, por que um curso errado na vida de alguém vai fazer uma diferença muito grande, obs: eu não gosto da metodologia do Guanabara, lol.

A terceira dica concordo plenamente, o esgotamento vai te levar ao extresse, e extresse vai fazer tirar o foco do que você está "amando", por isso realmente é importante ir com calma.

Por fim eu acrescentaria que estudos são como maratonas, não ganha quem larga na frente, mas sim quem mantem o rítmo e constãncia.

Collapse
ronaldoperes profile image
Ronaldo Peres

Legal,

Uma coisa importante é pelo menos saber ler ingles, principalmente pelas documentações.

Collapse
eduardoklosowski profile image
Eduardo Klosowski

Uma coisa que me ajuda muito é ter um bom exemplo de alguma coisa feita em tal linguagem ou framework. Depois ir atrás de cada detalhe, o exemplo usa uma função? Vou na documentação ver o que ela faz, quais são seus parâmetros, para o que eu posso usá-la. Se o código usa funções que fazem todo trabalho, busco se não tem uma forma um pouco mais manual para entender melhor o que realmente está acontecendo e conseguir adaptar o processo quando essa opção totalmente automatizada não me atende. Mas uma das coisas que mais vejo ser negligenciada é aprender a consultar a documentação além de aprender a linguagem, conhecer a estrutura dela e onde ir quando se precisa de algo agilisa muito, além de estar sempre atualizado.