DEV Community

loading...
Cover image for Iniciando com Github Desktop no Windows e MacOS

Iniciando com Github Desktop no Windows e MacOS

Kaique de Miranda
・5 min read

Sabe o que eu mais encontro? Pessoas querendo utilizar o Github ou qualquer outra plataforma de VCS (Version Control System ou Sistema Controle de Versão) mas com medo de utilizar principalmente por causa do terminal e suas temidas linhas de comando, além de exigir um pouco de paciência, também é preciso de um pouco de domínio dessa poderosa ferramenta que são as linhas de comando, mais cedo ou mais tarde você desenvolvedor ou desenvolvedora irá dominar as linhas de comando, mas que tal agora nos concentrarmos em produtividade? Digo, claro que quem utiliza linha de comando há anos vai dizer que é produtivo com elas e não tenho sombra de dúvida, tenho um amigo que programa utilizando VIM no MacBook dele! Mas para pessoas como você ou eu, que não somos tão avançadas (e doidas) ainda, que tal utilizamos uma ferramenta que o Github disponibiliza de graça para gente?

Conhecendo o Github Desktop

O Github Desktop é uma ferramenta gratuita criada pelo pessoal da Github com o objetivo de ajudar os usuários a terem ganho de produtividade e focarem no que realmente importa, a frase de apresentação da ferramenta diz exatamente isso:

“Concentre-se no que importa ao invés de lutar contra o Git. Seja você um iniciante ou usuário experiente do Git, o GitHub Desktop simplifica o desenvolvimento do seu fluxo de trabalho”
Landing Page do Github com o logo do Github, alguns links e o texto de chamada, além do botão Download

Para iniciar nosso tutorial, vamos baixar o Github Desktop, você pode baixar pelo site ou clicando nos links ao lado, caso use Windows ou caso use MacOS

A instalação do Github Desktop é a mais simples possível, basta dar dois cliques no arquivo e esperar, ele fará tudo sozinho!
(Caso esteja utilizando Mac, basta descompactar o zip e jogar o arquivo descompactado para dentro da pasta Aplicativos (Applications)

Caso esteja utilizando Windows, aparecerá essa tela, basta esperar até que finalize.

Alt Text

Voltando para a configuração

Após a instalação concluir, será aberta a tela de login (concluo que nesse momento você já tem uma conta criada, caso não tenha clique aqui)

Alt Text

Nessa tela também existe a opção de criar uma conta, mas o mais importante é que existe duas formas de Login, uma utilizando uma conta Github.com e uma Github Entreprise Server.

Essa segunda opção se aplica quando a sua empresa ou organização utiliza os servidores do Github para gerenciar o código dela.

Agora clique em Sign in to GitHub.com, pode ser que aconteça um desses dois cenários, o primeiro é que ele abra seu navegador padrão e solicite que faça login por lá, caso não aconteça isso, a segunda opção é que irá abrir a tela de login no proprio App do Github Desktop.

Alt Text

Depois que você efetuar o login, será aberta a tela de configuração básica do Git, essa tela serve basicamente para configurar dois itens muito importantes para o Git, o primeiro é o nome do usuário que estará fazendo os commits o segundo é o email do usuário.
Também é possível fazer essa configuração através dos comandos git config — global user.name “Kaique de Miranda” e git config — global user.email email@email.com via terminal ou Powershell/CMD

Alt Text

Você pode ou não se perguntando, porque devo informar meu e-mail novamente se já fiz isso antes no login, certo? Bem, de certa forma você tem razão, mas seu e-mail de commit pode ser diferente do seu e-mail de login, por exemplo, no meu trabalho para logar na ferramenta uso o e-mail corporativo, para enviar os commits uso meu e-mail pessoa, por que? Porque o seu quando você faz um commit você tem uma "foto" da sua escolha anexada, essa foto esta diretamente ligada a plataforma do Gravatar, então o que as ferramentas fazem é utilizar esse e-mail para pegar sua fotinha e colocar no Github no commit.
Alt Text

Próxima tela será de coleta de dados, você pode deixar marcado ou não
Alt Text
Essa opção não é obrigatório a coleta de dados serve para validar o seu uso, claro que ativar a coleta de dados tem vantagens e desvantagens, existe quem ame existe quem odeia, mas caso deseje manter ativado, o software irá coletar uso da ferramenta como um todo (crash de software, uso de funções e afins) com o objetivo de melhorar o uso do software no futuro.

Tela Inicial Github Desktop 😍

Alt Text

Chegamos finalmente a tela de abertura do Github Desktop, agora vou dedicar um tempinho para explicar os menus que estão vamos, vamos começar pela caixa da esquerda.

Create Tutorial Repository → Como o próprio titulo diz, ele irá te ensinar basicamente a fazer o que estou ensinando nesse tutorial, só que em inglês :)

Clone Repository → Aqui ele irá pegar um repositório que você informar via URL para clonar e disponibilizar na sua maquina.

Create a new Repository on your hard driver… → Aqui ele irá criar um novo repositório a partir das suas informações, vamos ver com mais detalhes esse carinha em breve.

Add an Existing Repository from your hard drive… → Esse carinha é bem utilizado, é o que eu mais utilizo na verdade, porque muitas vezes já é um projeto que tenho na minha maquina e quero administra-lo com o Github Desktop.

Agora, vamos para a caixa da direita, essa caixa exibira todos os repositórios que você tem na sua conta, sejam pessoais, forks ou colaborativos, selecionando qualquer um deles ele irá fazer o “git clone” desses projetos disponibilizando para você na sua maquina.

Próximos passos:

→ Criando um repositório do zero com Github Desktop (Em breve)
→ Clonando Projetos com Github Desktop (Em breve)
→ Trabalhando com seus arquivos e repositório com Github Desktop (Em breve)
→ Trabalhando em um projeto colaborativo com Github Desktop (Em breve)
→ Configurações extras com Github Desktop (Em breve)

Discussion (0)