DEV Community

guilhermegarcia86
guilhermegarcia86

Posted on • Originally published at programadev.com.br on

Validando requisições com Spring Boot

Erros ocorrem e sempre irão ocorrer, seja por mal requisito de negócio, seja por mal desenvolvimento ou qualquer outra razão. O fato é que erros acontecem e precisamos saber lidar com eles.

Mas como vamos apresentar o erro para o usuário ou cliente que chamam as nossas APIs?

O Spring já fornece todo um mecanismo para tratativa de erros que é muito válido e auxilia, e muito, o desenvolvimento mas aqui eu irei apresentar uma outra forma de realizar essa tratativa através de uma lib que descobri recentemente que facilita ainda mais o trabalho e padronização de erros e mensagens na resposta.

Projeto

Seguindo com os conteúdos dos artigos anteriores vamos reaproveitar o projeto que já foi usado pra Criar um endpoint com Spring Security e token JWT e vamos adicionar nele a validação.

Este projeto também está sendo usado nos artigos sobre o Kafka aqui do blog e nessa aplicação temos como premissa que seja enviado os dados de um contribuinte como nome, documento e email.

No nosso projeto hoje não há validação alguma se os dados enviados estão corretos, para esse exemplo queremos que o número do documento (CPF), seja um número válido e caso não seja deve retornar uma mensagem indicando isso.

Para isso iremos usar uma lib muito interessante que ajuda muito no desenvolvimento com Spring Boot , a Errors Spring Boot Starter é um projeto que visa facilitar ainda mais a manipulação de erros e validação de dados de entrada.

Adicionado ao Maven

O projeto register é um projeto Java que utiliza o Maven então basta adicionar a dependência no pom.xml:

<dependency>
    <groupId>me.alidg</groupId>
    <artifactId>errors-spring-boot-starter</artifactId>
    <version>1.4.0</version>
</dependency>
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

E para auxiliar nas validações também incluir a dependência do spring-boot-starter-validation:

<dependency>
    <groupId>org.springframework.boot</groupId>
    <artifactId>spring-boot-starter-validation</artifactId>
</dependency>
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Criando annotation para validação

O nosso objeto de entrada no POST contém um campo documento que será onde usuário irá enviar o CPF:

{
    "name": "User",
    "document": "XXX.XXX.XXX-XX",
    "email": "email@fake.com"
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

E a ideia seria que no momento do POST fosse realizada a validação e caso não seja um CPF válido retorna um erro informando isso.

Para isso será criado uma Annotation @Cpf que nos auxiliará:

@Documented
@Constraint(validatedBy = CpfValidator.class)
@Target( { ElementType.METHOD, ElementType.FIELD })
@Retention(RetentionPolicy.RUNTIME)
public @interface Cpf {

    String message() default "Documento Inválido";
    Class<?>[] groups() default {};
    Class<? extends Payload>[] payload() default {};

}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Na annotation @Cpf é definida a mensagem que será devolvida para o usuário e também adicionamos @Constraint(validatedBy = CpfValidator.class) que é classe que contém a lógica para executar a validação.

É necessário criar a classe CpfValidator que contém a regra de validação:

public class CpfValidator implements ConstraintValidator<Cpf, String>{

    private final int[] PESO_CPF = { 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 };

    @Override
    public boolean isValid(String cpf, ConstraintValidatorContext context) {

        String cpfSomenteDigitos = cpf.replaceAll("\\D", "");

        if ((cpfSomenteDigitos == null) || (cpfSomenteDigitos.length() != 11) || cpfSomenteDigitos.equals("00000000000")
                || cpfSomenteDigitos.equals("11111111111") || cpfSomenteDigitos.equals("22222222222")
                || cpfSomenteDigitos.equals("33333333333") || cpfSomenteDigitos.equals("44444444444")
                || cpfSomenteDigitos.equals("55555555555") || cpfSomenteDigitos.equals("66666666666")
                || cpfSomenteDigitos.equals("77777777777") || cpfSomenteDigitos.equals("88888888888")
                || cpfSomenteDigitos.equals("99999999999")) {
            return false;
        }

        Integer digito1 = calcularDigito(cpfSomenteDigitos.substring(0, 9), PESO_CPF);
        Integer digito2 = calcularDigito(cpfSomenteDigitos.substring(0, 9) + digito1, PESO_CPF);

        return cpfSomenteDigitos.equals(cpfSomenteDigitos.substring(0, 9) + digito1.toString() + digito2.toString());
    }

    private int calcularDigito(String str, int[] peso) {
        int soma = 0;
        for (int indice = str.length() - 1, digito; indice >= 0; indice--) {
            digito = Integer.parseInt(str.substring(indice, indice + 1));
            soma += digito * peso[peso.length - str.length() + indice];
        }
        soma = 11 - soma % 11;
        return soma > 9 ? 0 : soma;
    }

}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

A primeira coisa a se notar nessa classe é que ela implementa a interface do javax.validation ConstraintValidator que recebe uma Annotation como parâmetro.

E aqui executamos o algoritmo para validarmos se um CPF é válido ou não.

Para que a validação tenha efeito é necessário adicionar no Controller que recebe o nosso objeto a anotação @Valid para que surja efeito.

public ResponseEntity<TaxpayerDTO> postTaxpayer(@Valid @RequestBody TaxpayerDTO taxpayer)
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Com isso nós podemos adicionar essa Annotation ao atributo document no DTO TaxpayerDTO.

@Cpf
private String document;
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Se tentarmos agora fazer um POST com um número que não seja um CPF válido será lançado o erro com status 400.

{
    "errors": [
        {
            "code": "Documento invalido",
            "message": null
        }
    ]
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Já retorna uma mensagem de erro mais padronizada porém um tanto quanto estranha já que a message está com valor null e no campo code está com a mensagem que definimos na Annotation CPF.

Isso ocorre pois a nossa dependência de validação usa o mecanismo do Spring MessageSource para buscar as mensagens que serão exibidas, então precisamos criar o nosso arquivo messages.properties na pasta Resources do projeto e lá adicionamos as mensagens.

invalid.document=Documento invalido
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

E alteramos também na annotation com chave da mensagem.

String message() default "invalid.document";
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Fazendo isso a tentando novamente com um CPF que é inválido o retorno será esse:

{
    "errors": [
        {
            "code": "invalid.document",
            "message": "Documento invalido"
        }
    ]
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Criando um Exception customizada

Outra feature interessante dessa biblioteca é a capacidade de poder fazer a tratativa dos erros nas Exceptions que criamos na aplicação.

Vamos criar uma Exception para simular um cenário e poder ficar mais claro, imaginemos que há uma regra na nossa aplicação onde não seja aceito pessoas com o nome Guilherme e vamos verificar isso na nossa classe que executa as regras de negócio:

    @Override
    public void send(CommonDTO taxpayerDTO) {


        TaxPayer taxPayer = TaxPayer.newBuilder().setName(((TaxpayerDTO) taxpayerDTO).getName())
                .setDocument(((TaxpayerDTO) taxpayerDTO).getDocument()).setSituation(false).setEmail(((TaxpayerDTO) taxpayerDTO).getEmail()).build();


        // Aqui está o lançamento da Exception
        if(taxPayer.getName().contains("Guilherme")) {
            throw new BadTaxpayerUser(taxPayer.getName());
        }


        producer.send(this.createProducerRecord(taxPayer), (rm, ex) -> {
            if (ex == null) {
                log.info("Data sent with success!!!");
            } else {
                log.error("Fail to send message", ex);
            }
        });

        producer.flush();

    }
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

No trecho de código acima temos uma Exception que recebe o nome do taxpayer, e será nessa classe de Exception que será feita a manipulação do erro para o retorno da API :

@Getter
@ExceptionMapping(statusCode = HttpStatus.I_AM_A_TEAPOT, errorCode = "bad.user.message")
public class BadTaxpayerUser extends RuntimeException {

    @ExposeAsArg(value = 0, name = "user")
    private final String key;

    public BadTaxpayerUser(String key) {
        super(key);
        this.key = key;
    }

}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Na BadTaxpayerUser bastou adicionarmos uma anotação @ExceptionMapping e nela passamos no campo statusCode o código HTTP que deve ser retornado e no campo errorCode é passado a chave da mensagem, que está em resources, que deve ser exibida.

Antes de vermos a anotação @ExposeAsArg iremos adicionar ao arquivo message.properties a mensagem que deve ser exibida e vamos customizá-la dessa forma:

bad.user.message=O user {user} nao pode!!!
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Com isso quando adicionarmos a anotação @ExposeAsArg no atributo key da Exception temos que informar que o primeiro argumento que está entre chaves, {user}, deve ser interpolado pelo valor a ser recebido na exceção.

Agora fazendo o teste e enviando um POST com essas informações, que foram geradas pelo Gerador de pessoas da 4Devs:

{
    "name": "Guilherme Paulo Carlos Eduardo Dias",
    "document": "893.475.166-51",
    "email": "guilhermepaulocarloseduardodias-89@3dmaker.com.br"
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Teremos como retorno o erro com status 418 I’m a teapot com o corpo da mensagem:

{
    "errors": [
        {
            "code": "bad.user.message",
            "message": "O user Guilherme Paulo Carlos Eduardo Dias nao pode!!!"
        }
    ]
}
Enter fullscreen mode Exit fullscreen mode

Conclusão

Bom espero nesse artigo ter apresentando um pouco mais sobre a biblioteca Errors Spring Boot Starter e suas facilidades. Lembrando que essa é apenas uma outra maneira para lidar com validações.

O código desse projeto pode ser encontrado no GitHub

Discussion (0)