DEV Community

Engenheira Coelho 🐇
Engenheira Coelho 🐇

Posted on

Como debater ideias de forma produtiva. No trabalho ou na vida.

Eu gosto muito de ideia debater e argumentar sobre diferentes idéias e modos de pensar, sempre tive a percepção de que em conversas o mais importante não é quem ganha ou quem perde, mas sim, que no final todos tenham entendido todas as visões de quem faz parte da conversa, e cheguem em uma solução sólida e factível.

Quase todos os debates se enquadram em uma de três categorias: o tipo em que o objetivo é persuadir as pessoas de que você está certo; o tipo em que o objetivo é parecer melhor do que seu oponente; e aquele em que o objetivo é encontrar as melhores soluções juntos. Harvard Business Review

Discutir de forma saudável é essencial para resolver problemas. E quem não quer resolver problemas, não é mesmo? Na minha terra, quando não temos conhecimento amplo sob determinado assunto, se diz: quem sou eu na fila do pão pra falar DISSO. Logo, vamos direto ao ponto, uma colega compartilhou esse artigo da Harvard Business Review, e eu achei ele muito bom pra o momento atual, pois ele demonstra que a diversidade cognitiva torna um grupo mais inteligente, e eu concluo que um grupo mais inteligente normalmente resolve problemas de forma mais efetiva.

Então, como eu não sou especialista no assunto, vamos para um compilado de algumas partes das dicas do artigo:

  1. Lembre-se de que estamos todos no mesmo time.
    Debates onde o objetivo é encontrar as melhores soluções juntos são aqueles onde é possível retirar melhor proveito da diversidade cognitiva, ou seja, aqueles onde ganhamos mais. Então, busque demonstrar seu ponto de vista considerando o posicionamento de investigação ou observação, levar qualquer discurso de ódio e considerar que você está lidando com um adversário é improdutivo e contraproducente, porque os problemas continuam existindo e ninguém resolve nada enquanto busca "vencer" sozinho.

  2. Mantenha-se atento aos fatos lógicos relacionados ao tópico em questão.
    As discussões tendem a se fragmentar, especialmente quando as pessoas sentem que suas idéias ou identidades estão sendo atacadas, quase como um instinto pessoal de alto proteção. E os pontos mais importantes são que o debate não é sobre quem se importa mais, é mais poderoso ou articulado. No caso do linkedin não é sobre quem tem mais seguidores, e no caso do dia-a-dia do trabalho não precisa necessariamente ser sobre quem está em uma posição superior, mas sim, pela busca do melhor resultado para o problema. Nesse caso, você pode me perguntar: E quando não há solução? Na minha opinião, quando não há solução há conscientização, e isso é MUITO válido.

  3. Não leve o debate para o pessoal.
    A emoção e o ego caminham lado a lado e é muito fácil deixar que eles tomem conta do debate, isso é o que o torna improdutivo. Então, as dicas mais simples e objetivas são evite xingamentos ou ataques pessoais, além disso, dê às pessoas o benefício da dúvida, ou seja, considere o modo que essa pessoa pensa sem antes definir que é alguém ruim ou mau. E sempre considere que ninguém se torna burro ou menos inteligente se mudar de idéia, argumentações saudáveis servem justamente para demonstrar diferentes pontos de vista.

  4. Seja intelectualmente humilde.
    Ser intelectualmente humilde é ter a capacidade de mudar de ideia, e considerar os diferentes pontos de vista, além de não levar as coisas para o pessoal, respeitar as pessoas e seu ponto de vista, admitir quando está errado, e se manter curioso para as diferentes e melhores ideias. É importante que a conversa esteja sempre voltada para solução de problemas, e não para busca de um vencedor ou mantenedor do conhecimento.

Essas dicas do artigo são excelentes para o dia-a-dia, e eu particularmente acredito que discussões saudáveis são essenciais para o crescimento intelectual e pessoal. Então, espero que elas te ajudem a continuar levando o seu modo de pensar de forma coesa e concisa.

Curtiu?

Comenta aqui o que você achou :)

Discussion (0)