DEV Community

loading...

Dicas de carreira para mulheres na TI - parte 2: Portfólio

elasprogramam profile image Elas Programam Updated on ・4 min read

Esse artigo foi escrito por Silvia Coelho e @daniclericuzi especialmente para o Elas Programam.

Na segunda parte do artigo Dicas de Carreira para mulheres na TI vamos abordar outra questão que tira o sono de quem está iniciando em qualquer área: “Como posso ter experiência profissional se não consigo entrar no mercado. E se não entro, como vou adquirir experiência”. Aproveite para rever a primeira parte desse artigo

Segura aí a aflição que vamos te ajudar a CRIAR experiência, usando as dicas compartilhadas no grupo Elas Programam.

A melhor maneira de criar experiência é a partir da construção de um Portfólio - a principal ferramenta de divulgação dos seus trabalhos profissionais. Entenda que trabalho profissional não é apenas aquele registrado em carteira.

Alt Text

Existem algumas opções e é importante ter em mente que a escolha depende da área que você busca, seguindo uma trilha, uma história pra contar.
A Nathalia Monalisa, de forma hiper didática e direta nos presenteou com o seguinte passo a passo, explicando o que é e como você pode criar seu Portfólio (sobretudo para desenvolvedores, mas aplicável a outras áreas):

  1. Portfólio não é a mesma coisa que currículo. Procure entender bem sobre a diferença entre as duas coisas! (:

  2. Se possível, cause um impacto visual em quem está visitando seu portfólio. Ele é seu cartão de visitas e diz muito sobre o seu cuidado com detalhes!

  3. É possível criar e divulgar um portfólio em diversas plataformas: GitHub e GitLab, Behance, WordPress, páginas pessoais e afins!

  4. No seu portfólio, faça links para suas redes profissionais, como LinkedIn, Medium e aqui mesmo no Dev.to.

  5. Na hora de criar seu portfólio, lembre-se de algo básico: ele precisa ser impecável (inclusive em relação à redação do texto). Afinal de contas, seu trabalho gira em torno disso.

  6. Se você está iniciando e não tem projetos reais para alimentar seu portfólio, crie projetos fictícios e deixe isso claro na descrição dos trabalhos. Você pode desenvolver e expor pequenas aplicações para resolver problemas do seu dia-a-dia. Recriar funcionalidades e páginas já existentes (como por exemplo, recriar o site de uma marca famosa e inserir ajustes que você considera que melhorariam o visual ou a funcionalidade da aplicação. Mas NÃO se esqueça de dar os créditos à fonte original!). Também pode colocar atividades desenvolvidas durante as aulas dos cursos que você frequenta e afins. O importante é que os visitantes do seu portfólio percebam suas habilidades (efetivas e potenciais!) de trabalhar sobre projetos, mesmo que eles não sejam fruto de uma demanda real.

Daqui já ouvimos o seu pensamento

"MAS O QUE EU COLOCO NO PORTFÓLIO?"

Você pode começar com coisas simples, aqueles exercícios básicos que você fez de cursos online e bootcamps, projetos realizados hackthons, desafios, trabalho em grupo ou por conta própria, etc. Use a imaginação e crie!

Também ouvimos seu outro “MAS”

“Mas é realmente possível construir um portfólio do zero e a partir daí descolar o tão sonhado emprego?”

Grande parte do impacto do Elas Programam vem do compartilhamento de histórias de sucesso. Não à toa criamos o Elas Programam Podcast para que mais mulheres possam se inspirar. E para responder esses "MAS" trazemos as histórias de algumas mulheres incríveis da nossa comunidade que compartilharam com a gente seus portfólios, que foram decisivos para conquistar a vaga tão desejada:

Carolina Brito: é Desenvolvedora de Software Front End na Procenge Tecnologia e Entusiata de Python e Ruby

Jennifer Martins: é Web Designer e Front-end Developer

Paula Pithon: é Desenvolvedora Mobile na AlayaCare e mora no Canadá.

Ana Carolina Paula: é Engenheira Mecânica apaixonada por Qualidade de software. Hoje, analista de teste, com foco em automação

Viviane Souza: PhD em Turismo atualmente Desenvolvedora Web.

Daniela Duarte: é Desenvolvedora front-end, apaixonada por Tecnologia desde a infância.

"Esperamos nossas dicas de carreira possam inspirar vocês a seguir em frente trilhando uma jornada de sucesso no mercado de tecnologia."

Sintam-se à vontade para compartilhar mais sugestões aqui nos comentários.
E seus GitHubs também!

E mão na massa! #coragemmulher

Discussion (0)

pic
Editor guide