loading...
Cover image for Um guia prático da acessibilidade web: Parte 1: Meu site é acessível?

Um guia prático da acessibilidade web: Parte 1: Meu site é acessível?

aryclenio profile image Aryclenio Xavier Barros ・2 min read

O que é a acessibilidade web?

A Acessibilidade web envolve uma série de recursos que possibilitam a navegação, a compreensão e a interação de todas as pessoa na internet, independentemente de suas dificuldades ou limitações.
Isso significa que sites, ferramentas e tecnologias são projetados, desenvolvidos e codificados adequadamente para que pessoas com deficiências permanentes ou com incapacidades momentâneas possam usá-los. Dessa forma as pessoas, independentemente de suas limitações, podem perceber, entender, navegar, interagir e contribuir para o ambiente em que aquela página ou programa é disponibilizado na web.

Porque eu deveria me preocupar com a acessibilidade?

As pessoas com deficiência representam 15% da população mundial. Sites ou sistemas que não possuem adaptações especificas para esse publico, além de sofrerem com essa fatia de usuários perdida, ainda está sujeito a penalidades legais em certos países.

As diretrizes da acessibilidade web

Alt Text

A Web Content Accessibility Guidelines (WCAG), criada em 2014 e renovada em 2018 é uma guideline de diretrizes a serem cumpridas para que um site ou sistema web se torne acessível. Dentre os elementos a serem discutidos nessas diretrizes estão:

  • Navegação limpa
  • Ordem de tabulação
  • Marcos e mapas do site
  • Estrutura do HTML
  • Títulos expressivos
  • Cabeçalhos bem inseridos e definidos
  • Listas de conteúdo
  • Texto
  • Contraste
  • Cor
  • Imagens descritivas

Cada um desses itens representa uma funcionalidade da construção de uma página (envolvendo HTML+CSS+JS) que pode ser implementada de forma a auxiliar o entendimento final do site.

Como saber se meu site é acessível?

Para testar se nosso site ou sistema é acessível ou não, podemos imaginar os seguintes cenários:

Pessoas cegas

Usuários cegos utilizam sites por meio de um leitor de tela, que é navegado exclusivamente pelo teclado. Para fazer esse teste, considere navegar em seu site com a tecla TAB. Verifique se você consegue chegar em todos os inputs e botões possíveis, realizar ações com eles de forma sequencial.

Pessoas com baixa visão ou daltônicas

Usuários com daltonismo ou baixa visão utilizam funções de alto contraste ou adaptações de cores para imagens e textos. Sua página possui alguma destas opções?

Pessoas surdas ou com audição comprometida

Pessoas surdas fazem uso do transcritor de texto em língua de sinais integrado ao site e também, de descrições em vídeos. Seu site possui alguma opção de tradução livre em língua de sinais?

Dislexia e outras deficiências intelectuais

Esse grupo de pessoas possui dificuldade em interagir com elementos da tela muito pequenos ou de acesso complexo, como menus em navbars ou botões mal posicionados. Seu site possui esses elementos bem posicionados?

Qual o seu resultado?

Se seu site ou sistema não passou em uma, ou nenhuma das situações a seguir, não se preocupe. Na próxima parte desse artigo, abordaremos como podemos preparar nosso front-end para essas diversas situações, usando ferramentas simples e de fácil acesso na comunidade. Está preparado?

Discussion

pic
Editor guide