DEV Community

loading...

Discussion on: Esse Não é Mais Um Hello World!

Collapse
raphaeldasilva profile image
Raphael da Silva • Edited

O título da sua postagem me chamou atenção porque Hello Worlds nunca fizeram muito sentido para mim, pois não reflete coisas que serão necessárias no dia a dia.

Eu me encontro em um situação diferente, mas que de certa forma dialoga com a sua. Eu comecei com a programação em 2012 quando acabei parando em um estágio por conta de um curso técnico. Aprendi a programar para ficar no emprego, tudo foi sempre muito difícil para mim, ainda mais que na época eu já carregava alguns problemas pessoais que me atrapalhavam.

Acabei aprendendo e criando uma certa apreciação por programação, principalmente a orientação a objetos, que foi algo que quase me fez desistir do curso técnico, mas que acabou sendo meu foco e interesse depois de muita insistência e bateção de cabeça.

Não tive uma carreira estável na área por conta de esgotamento e outros problemas, mas sempre programei em casa para tentar melhorar o código. Passei a focar em PHP e back-end, pois a partir de 2013 o hype de frameworks de front-end em Javascript me deixou muito perdido no que eu deveria focar, por isso optei em tentar aprender PHP e orientação a objetos direito para tentar fazer pelo menos uma parte do desenvolvimento bem feito.

Nunca foquei em frameworks PHP e nunca aprendi nenhum dos principais frameworks full-stack que o mercado exige, tenho dificuldades em me encaixar neles e seguir suas documentações passo a passo, não sei se isso é um problema técnico da minha parte ou de falta de atenção e uma forma eficiente de estudos.

Esse ano estou tentando voltar para o mercado de trabalho escrevendo em perfils, adicionado código no Github e etc, mas ainda vejo meu futuro com a programação incerto.

Obrigado por compartilhar sua experiência.

Forem Open with the Forem app